06 julho 2008

Razão

Quando a luz dos olhos meus...

Fica aqui pertinho,
Meu par de esmeraldas!
Não me deixe sozinho
Com você aqui
Consigo, então, viver...
Se vai de mim,
Espalho meu ser
E fico estranho,
mudo, morto, sem prazer

Estou sendo repetitivo,
mas você nao pode esquecer:
é minha razão de viver.

Bruna Ross

5 comentários:

Adry disse...

...continuarei a viver na ânsia de te 'encontrar' na esperança de te ter...


acho q fiquei romantica tbm...lindo texto Bru =)
bjks, te adoro

Bruna disse...

Grazie, Drizinha do meu cuore!
Eu que te adoro! :*

Um trevo no jardim! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Um trevo no jardim! disse...

Quem sabe assim registram minha visita!
=)

Bruna disse...

Ah, Fê, agora sim!!!
Ueba! :P